O CANTO DO FALAR(e)
ALENTEJANO

por um Cigano Castanho vindo da Serra da Estrela
JORAGA o acrónimo de JOsé RAbaça GAspar

in joraga.net - aminhaTEIAinterminávelnaREDEilimitada

contacto © joraga ®

3.
Barrancos
(um caso especial)
SEARA VOCABULAR

NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO -- Lenda da Senhora da Assunção
por Beatriz da Vinha, S. Matias Beja, que aprendeu quando tinha 12 anos (em 1935, naseu em 1923) da sua mãe Clara, que a tinha aprendido com a sua mãe...

[relacionada com A capela da Senhora da Assunção, em Vilas Boas – Vila Flor]

 

NOTA IMPORTANTE
(resumo da INTRODUÇÃO)

Estas são umas orações que a minha mãe nos ensinava… Ensinou-me muitas que já me esqueceram… Ao princípio ia-nos ensinando quando calava, mas depois, o meu pai começou a fazer ‘mangação’ e já só nos ia ensinando, às escondidas…

(resumo da CONCLUSÃO)

Estas são ‘coisas’ que eu me lembro e vou dizendo, todos os dias, enquanto lido, e não digo a ninguém… só às pessoas com quem tenho mais lidação… os ‘outros’, os que têm outros conhecimentos, podem fazer pouco e não vale a pena ‘perder tempo’ a d’explicar…

 

José Rabaça Gaspar (organização e montagem)

O ALENTEJO, quando FALA… mostra (-se)…!
II
"Atão cumpadres, qui'é que'stão p'raí conversando… remoncando… arengando… ramplonando… adealgando…"
Alentejo - Palavras e Expressões - GLOSSÁRIO de FALARES REGIONAIS do ALENTEJO
OBRAS e SIGLAS utilizadas


 

E-Mail: joraga@netcabo.pt e joraga2000@gmail.com
pelo telefone 212553223 ou pelo Tlmv. 91 763 25 24
e pelo CORREIO: Rua Almada Negreiros, 48 - 2855-405 CORROIOS.
visite ainda a minha TEIA na REDE além de joroga.net - joraga/MODAS_pautasmusicais/cantodocante_gruposcorais/alentejanedotas /Alentejo_Contos&Lendas/eAlentejo/alice/osrabaca/serradaesrela/gilvicente/cart2326/

Compatível com IE/Netscape na resolução 800x600
Joraga 2000 em viagem